A JetSMART quer formar uma frota com 100 aeronaves até 2026 (Divulgação)

Autorizada recentemente pela ANAC a operar no Brasil, a JetSMART, companhia aérea chilena “ultra low-cost”, iniciou nesta semana a venda de bilhetes para voos sem escalas a partir de Santiago para São Paulo (SP), Salvador (BA) e Foz do Iguaçu (PR).

Os voos para essas novas rotas começam tem preços a partir de R$ 299 o trecho (com taxas) nos voos para São Paulo (que se iniciam no dia 20 de março de 2020) e para Salvador (primeiro voo no dia 27 de dezembro), enquanto que Foz do Iguaçu iniciará as operações no dia 5 de janeiro de 2020 com valores desde R$ 269 por trecho (com taxas).

Em comunicado, a companhia informou que espera transportar aproximadamente 30.000 viajantes anualmente na rota entre a capital chilena e São Paulo, com dois voos semanais. Esse mesmo volume de passageiros também é esperado no trecho para Foz do Iguaçu, que contará com duas frequências semanais. Já o trecho para Salvador, que terá três voos por semana no verão e dois no resto do ano, pode receber mais de 33.000 ocupantes por ano.

“Hoje anunciamos as nossas rotas internacionais para o Brasil, um dos mercados mais importantes e dinâmicos da América do Sul. Com a introdução da nova frota de A320neo damos mais um passo para cumprir a nossa promessa de que todos os sul-americanos possam voar SMART. Mais de 400.000 passageiros já experimentaram nossos serviços nas rotas internacionais e isso é só o começo. A revolução JetSMART já chega ao Brasil operando três destinos”, afirma Estuardo Ortiz, CEO e fundador da empresa chilena.

Com a chegada ao mercado brasileiro, a JetSMART totaliza nove rotas internacionais, que se somam as seis que já são oferecidas: Santiago-Buenos Aires, Santiago-Lima, Santiago-Trujillo, Santiago-Arequipa, Antofagasta-Lima e Concepción-Lima.

“Estamos muito contentes em ter completado a autorização de funcionamento que nos permite continuar avançando com o nosso projeto no Brasil, um dos mercados mais relevantes de toda a região. Além disso, acreditamos que os preços mais baixos criam um estímulo imenso, que fará com que os brasileiros escolham viajar mais de avião”, comenta Ortiz.

Companhia em expansão

Em apenas três anos desde a sua fundação e do início das operações no Chile, Argentina e Peru, a JetSMART conseguiu posicionar-se rapidamente como uma companhia relevante no mercado sul-americano, com mais de 4 milhões de passageiros transportados.

Recentemente, a empresa anunciou a chegada do novos jatos Airbus A320neo para integrar a sua frota a partir do segundo semestre deste ano, expandindo em 55% seu número atual de aeronaves. A meta da companhia é chegar a 100 aviões e 100 milhões de passageiros em 2026.

A JetSMART faz parte da Indigo Partners, um fundo de investimento privado com mais de 15 anos de experiência no desenvolvimento de companhias aéreas com tarifas de baixo custo. Atualmente, o grupo tem participação na Wizz Air (Europa), Volaris (México) e Frontier Airlines (EUA).

Veja mais: Gol lança voo sazonal entre Foz do Iguaçu e Santiago